Notícias

O que todo cristão precisa saber sobre Israel

Pouco antes de Jesus subir ao céu, depois de sua morte e ressurreição, seus apóstolos lhe trouxeram sua mais importante pergunta.

Então os que estavam reunidos lhe perguntaram: “Senhor, é neste tempo que vais restaurar o reino a Israel?” Ele lhes respondeu: “Não lhes compete saber os tempos ou as datas que o Pai estabeleceu pela sua própria autoridade”. (Atos 1:6-7 NVI)

Essa pergunta os estava inquietando há muito tempo. Afinal, eles eram judeus e sabiam que Deus tinha promessas especiais para Israel, inclusive para sua restauração política. E eles queriam saber o que aconteceria com Israel. Em sua resposta, Jesus se limitou a dizer que, no coração do Pai, Israel teria no futuro uma restauração, conforme o Pai estabeleceu com sua própria autoridade. Depois de dar essa resposta, Jesus fez com que seus discípulos focalizassem sua atenção para os tremendos recursos que Deus estava lhes dando para levar o Evangelho ao mundo inteiro. A igreja estava nascendo com poder e autoridade para dar um testemunho de impacto internacional.

Em seguida, Jesus disse: “Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra.” (Atos 1:8 NVI)

A questão da restauração de Israel era assunto para o Pai resolver no futuro. Naquele momento, o que era importante era voltar a atenção para o nascimento da igreja – que não era uma instituição, mas um agrupamento de homens e mulheres escolhidos e salvos por Jesus, homens e mulheres seguidores apaixonados e comprometidos com Jesus.

Assim, Jesus os orientou a se envolver naquele momento exclusivamente com o nascimento de sua igreja, pois a restauração de Israel era responsabilidade do Pai. Na agenda do Pai, a igreja então estava marcada no presente para ser abençoada e Israel estava marcado para receber atenção, visitações e bênçãos especiais de restauração no futuro. Deus tinha planos especiais para a igreja no presente e ele tinha planos especiais para Israel no futuro. A igreja e Israel têm rumos e missões diferentes.

Israel, como nação, poderia experimentar essa restauração durante o nascimento da igreja, ou até antes, mas sua dureza contra Deus adiou o projeto de Deus para eles. Aliás, por causa dessa dureza, eles foram, como nação, disciplinados de modo espantoso. Não muito depois do nascimento da igreja, os judeus foram expulsos de seu país, a terra de Israel. Eles permaneceram quase dois mil anos longe de sua terra. Esse castigo foi resultado de sua rejeição ao Messias, que havia vindo para salvá-los. Contudo, tal forte castigo também mostra os cuidados de Deus, pois ele disciplina os que estão dentro de seus projetos. “Pois o Senhor corrige quem ele ama e castiga quem ele aceita como filho.” (Hebreus 12:6 NVI)

Por causa de sua teimosia, os judeus viveram quase dois mil anos longe de sua terra – terra que Deus lhes deu em sua aliança eterna com Abraão, Isaque e Jacó. Mas tal teimosia não durará para sempre, pois com ou sem teimosia, Deus é fiel e cumprirá suas promessas a Abraão, Isaque e Jacó. O Apóstolo Paulo expõe um importante mistério divino acerca do futuro de Israel:

Meus irmãos, quero que vocês conheçam uma verdade secreta para que não pensem que são muito sábios. A verdade é esta: a teimosia do povo de Israel não durará para sempre, mas somente até que o número completo de não-judeus venha para Deus. É assim que todo o povo de Israel será salvo. Como dizem as Escrituras Sagradas: “O Redentor virá de Sião e tirará toda a maldade dos descendentes de Jacó.” (Romanos 11:25-26 NTLH)

A palavra teimosia vem da palavra grega original porosis, que significa dureza, cegueira, insensibilidade. Tal insensibilidade quer dizer que os judeus estão vivendo como pedras, totalmente fechados, para o Messias. Essa cruel cegueira os faz recusar Jesus e os faz criticarem os evangélicos que apóiam a aliança eterna de Deus com Israel. Os judeus progressistas, esquerdistas e liberais nos EUA e em Israel – que abrangem uma grande parte da população judaica desses países – tentam minar e atacar todo apoio cristão a Israel com base em promessas bíblicas. Eles não aceitam essas promessas e só se dão bem com evangélicos esquerdistas ou liberais. O socialismo desses judeus veio de seus pais e avós europeus, que até introduziram em Israel práticas sociais que têm tudo a ver com o socialismo e nada a ver com a milenar tradição judaica: os kibutz e o aborto legalizado. O socialismo tem um enorme apelo entre a maioria dos judeus, que hoje estão fechados para Deus. Aliás, o próprio Karl Marx, fundador da ideologia comunista e socialista, era judeu.

Os judeus socialistas do mundo inteiro, assim como todos os socialista do mundo inteiro, de maneira geral rejeitam os propósitos de Deus. O judeu socialista americano Tony Kushner declarou: “Eu queria que o Israel moderno não tivesse nascido”. Ele é autor de uma famosa peça teatral que faz propaganda homossexual. Ele também chama o estabelecimento do Estado de Israel “uma calamidade histórica, moral e política para o povo judeu”.

Apesar disso, até mesmo entre os evangélicos desses últimos tempos há esse tipo de dureza. Os evangélicos progressistas (socialistas), seguindo a teimosia dos judeus progressistas, zombam das promessas de Deus para Israel – ou acreditando que a igreja substituiu a nação de Israel ou não acreditando que o território inteiro de Israel pertence exclusivamente aos judeus:

“Nos últimos tempos aparecerão pessoas que ridicularizam a Deus. Elas seguirão seus próprios desejos ímpios. Essas são pessoas que causam divisões. Elas se preocupam com as coisas materiais, não com as coisas espirituais”. (Judas 1:18-19 GW)

Já os judeus conservadores e ortodoxos, que não são maioria na população judaica do mundo, aceitam as promessas bíblicas, se dão bem com os evangélicos conservadores somente na questão específica do apoio desses evangélicos a Israel, mas não aceitam a paixão dos evangélicos de levar o Evangelho aos judeus.

Apesar desse estado tão insensível dos judeus, Deus promete que a dureza e teimosia do povo de Israel não durará para sempre. Quando o número determinado por Deus de pessoas que não são judias vierem para Deus, aí o plano secreto de Deus se cumprirá e ações sobrenaturais de Deus conduzirão os judeus e sua nação Israel para perto de quem eles rejeitaram: o Messias. Deus promete que nos últimos dias os judeus se aproximarão do Senhor como nunca antes: “Depois, tornarão os filhos de Israel, e buscarão ao SENHOR, seu Deus, e a Davi, seu rei; e, nos últimos dias, tremendo, se aproximarão do SENHOR e da sua bondade.” (Oséias 3:5 RA)

A igreja nasceu com a graça de receber poder do Espírito Santo para levar o Evangelho ao mundo inteiro. E há também promessas bíblicas fortes de que no futuro, o derramamento do Espírito Santo e seu poder será maior. Com tal Espírito irresistível, é justo pensar que a igreja estará em condições de ajudar o projeto de Deus de vencer a dureza do povo judeu e também combater o ódio mundial contra os judeus. Israel foi instrumento usado por Deus para abençoar as nações com o Messias e sua Palavra poderosa. Jesus veio ao mundo como um judeu, nascendo de sua pátria Israel. Ele veio do meio dos judeus e continua judeu.

“Então apareceu no céu um grande e misterioso sinal. Era uma mulher. O seu vestido era o sol, debaixo dos seus pés estava a lua, e ela usava na cabeça uma coroa que tinha doze estrelas. A mulher estava grávida e gritava com dores de parto. E apareceu no céu outro sinal: era um enorme dragão vermelho com sete cabeças e dez chifres e com uma coroa em cada cabeça. Com a cauda ele arrastou do céu a terça parte das estrelas e as jogou sobre a terra. Depois parou diante da mulher grávida a fim de comer a criança logo que ela nascesse. Então a mulher deu à luz um filho, que governará todas as nações com uma barra de ferro. Mas a criança foi tirada e levada para perto de Deus e do seu trono. A mulher fugiu para o deserto, onde Deus havia preparado um lugar para ela. Ali ela será sustentada durante mil duzentos e sessenta dias.” (Apocalipse 12:1-6 NTLH)

A mulher simboliza Israel, nação alicerçada nos doze filhos de Jacó. A mulher trouxe Jesus ao mundo e depois “fugiu” para o deserto, isto é, saiu de sua terra, onde permaneceu quase dois mil anos.

De Israel veio o Messias para o mundo, e Israel – sofrendo castigo divino por seus pecados – permaneceu longo tempo no deserto das nações, sem apoio, reconhecimento ou respeito.

O mundo estava perdido em sua hostilidade e dureza contra Deus, mas o Evangelho trouxe graça e transformação. Doze apóstolos judeus – sem mencionar o Apóstolo Paulo, que também era judeu – foram usados poderosamente para transformar o mundo inteiro. Agora, é a vez da igreja deixar que Deus a use como instrumento para libertar o povo judeu de toda teimosia, rebelião e dureza contra Deus e suas imutáveis promessas a Abraão, Isaque e Jacó.

Deus já começou a cumprir suas promessas a Israel. Contrariando todas as expectativas humanas, ele trouxe a restauração nacional da nação de Israel em 1948, conforme Ezequiel 37, “ressuscitando” um povo que estava virtualmente morto e enterrado nos escombros da história, espalhado pelas nações, perseguido e odiado. Contudo, essa restauração não foi total, pois importantes partes do território de Israel e até de Jerusalém estão ocupadas pelos árabes chamados palestinos. Por enquanto, aguarda-se ainda que a restauração territorial se complete e, principalmente, que a restauração espiritual comece a acontecer.

As promessas que Deus deu a Israel – de total posse de sua terra, de salvação e de restauração espiritual e nacional – se cumprirão, no tempo determinado pelo Pai. Todos os que são filhos desse Pai cooperam com ele nesse propósito, orando para que a vontade de Deus prevaleça.

Portanto, os cristãos têm três prioridades em suas orações:

Orar para que o Reino de Deus venha e se manifeste neste mundo. Esse Reino não é a igreja nem Israel. Esse Reino é o Governo de Deus. (Veja Mateus 6:10)

Orar para que a igreja de Jesus Cristo na terra seja santificada pela verdade da Palavra de Deus e ande e viva como ele andou e viveu. (Veja João 17 e 1 João 2:6)

Orar não só pela paz de Jerusalém, mas também pela plena restauração espiritual, territorial e política de Israel. (Veja Salmo 122:6)

Quando estava falando exatamente de Israel e seu futuro e das promessas de Deus para os judeus, o Apóstolo Paulo declarou:

“Pois os dons e o chamado de Deus são irrevogáveis”. (Romanos 11:29 NVI)

“Porque Deus não muda de idéia a respeito de quem ele escolhe e abençoa.” (Romanos 11:29 NTLH)

Deus não mudou em nada sua aliança com Israel. Nessa aliança, o próprio Deus dá aos descendentes de Abraão, Isaque e Jacó o direito eterno e exclusivo à terra de Israel. A terra que Deus deu exclusivamente aos judeus será sempre deles. E o inimigo que detesta Deus e sua Palavra inflama o mundo com ódio contra os judeus, porque sobre eles estão as promessas eternas de Deus. Quer os judeus, em sua teimosia e dureza, aceitem ou não, quer o mundo e os “palestinos” aceitem ou não, as promessas de Deus para Israel se cumprirão.

Portanto, as nações não deveriam desperdiçar suas oportunidades de serem úteis para Israel, pois essa nação está no coração de Deus. O próprio Deus diz para Israel:

“Porque a nação e o reino que te não servirem perecerão; sim, essas nações de todo serão assoladas.” (Isaías 60:12 RC)

Durante a 2 Guerra Mundial, a Alemanha nazista sofreu destruição total porque perseguia e aniquilava os judeus. O poderoso Império Britânico virou cinzas, porque a Inglaterra teve oportunidade de ajudar os judeus, mas preferiu impedi-los de fugir para a terra de Israel. Durante a guerra, nenhum país queria receber os judeus como refugiados, de modo que restou para os judeus somente a opção de voltar para a terra de seus ancestrais. No entanto, todo o território de Israel estava sob administração britânica, e os ingleses proibiram os judeus de escaparem para sua própria terra. Seis milhões de judeus foram cruelmente assassinados pelos nazistas porque não tinham nenhum lugar para onde ir.

É claro que durante a guerra muitos judeus sofreram também por seus próprios pecados, porque estavam longe de Deus e apegados à radical ideologia socialista. No entanto, nenhuma nação tem o direito de “castigar” o povo judeu, porque Deus é o único que pode lidar com eles e seus pecados, como sempre foi. Além disso, o que a Alemanha nazista fez não foi “castigar” os judeus, mas destruí-los, e o que a Inglaterra fez não foi “castigá-los”, mas impedir que eles fugissem para o único lugar em que milhões de judeus poderiam ter escapado da destruição se não fosse pela dureza das autoridades inglesas. Mas o preço foi alto: o Império Britânico desapareceu da face da terra.

A 2 Guerra Mundial terminou há décadas, porém o ódio aos judeus não pereceu naquele conflito. Israel, como nunca antes, precisa do apoio e ajuda das nações. E há bênçãos de Deus para quem abençoa Israel. E se há maldição para os opositores, o que então acontecerá com a vasta maioria das nações que demonstra ódio contra os judeus e seu direito exclusivo à sua terra? Talvez nada esteja inflamando tanto esse ódio quanto o islamismo e o socialismo. Os sentimentos dos muçulmanos para com Israel são mais que conhecidos, porém de um modo aparentemente mais suave os socialistas do mundo inteiro – inclusive judeus socialistas em Israel, nos EUA e na Europa – não acreditam, não aceitam e nem levam a sério a aliança de Deus com Abraão, Isaque e Jacó.

Não precisamos nos preocupar com os “erros” e pecados de Israel. Deus sempre soube cuidar deles, até para castigá-los. Não foi por castigo que os judeus permaneceram quase dois mil anos fora de sua terra? E durante esse período, os árabes invadiram aquela terra e hoje a reivindicam para eles e para a causa muçulmana. Esses árabes ganharam o título de “palestinos”. Palestino designa o habitante da Palestina, nome que os romanos vingativamente deram à terra de Israel, depois de expulsarem todos os judeus, quase dois mil anos atrás. Palestina, conforme queriam os romanos, significa terra dos filisteus, os piores inimigos de Israel.

A única solução para a causa dos “palestinos” – que o próprio príncipe das trevas tem usado para espalhar ódio contra os judeus no mundo inteiro – é os palestinos e o mundo aceitarem a aliança imutável de Deus com Israel.

A maior bênção para os cristãos do mundo inteiro não é só que Deus os abençoará em seus esforços para vencer pela oração a dureza e a rebelião de Israel, mas também que cedo ou tarde os judeus e sua nação Israel se aproximarão de Deus. Todos os demônios do inferno e todos os exércitos do mundo que se unirem contra Israel fracassarão, pois forte é o Senhor que tem uma aliança eterna com Abraão, Isaque e Jacó.

A Palavra de Deus profetiza que grandes nações identificadas como Gogue e Magogue ajuntarão todos os outros países contra Israel. O ódio que realizará esse propósito satânico já está sendo semeado na Europa, América Latina, Brasil e outras nações, preparando-as para a batalha final contra Israel nos últimos tempos.

“[Satanás] sairá para enganar os povos de todas as nações do mundo, isto é, Gogue e Magogue. Satanás os juntará para a batalha, e eles serão tantos como os grãos de areia da praia do mar. Eles se espalharam pelo mundo e cercaram o acampamento do povo de Deus e a cidade que ele ama, mas um fogo desceu do céu e os destruiu.” (Apocalipse 20:8-9 NTLH)

Você avançará contra Israel, o meu povo, como uma nuvem que cobre a terra. Nos dias vindouros, ó Gogue, trarei você contra a minha terra, para que as nações me conheçam quando eu me mostrar santo por meio de você diante dos olhos delas. “Assim diz o Soberano, o SENHOR: Acaso você não é aquele de quem falei em dias passados por meio dos meus servos, os profetas de Israel? Naquela época eles profetizaram durante anos que eu traria você contra Israel. É isto que acontecerá naquele dia: Quando Gogue atacar Israel, será despertado o meu furor. Palavra do Soberano, o SENHOR”. (Ezequiel 38:16-18 NVI)

“O SENHOR Deus diz: – Naquele tempo, farei com que o povo de Jerusalém e de Judá prospere de novo. Então ajuntarei os povos de todos os países e os levarei para o vale de Josafá e ali os julgarei. Eu farei isso por causa das maldades que praticaram contra o povo de Israel, o meu povo escolhido: espalharam os israelitas por vários países e dividiram entre si o meu país”. Multidões e mais multidões enchem o vale da Decisão; está perto o Dia do SENHOR, no vale da Decisão. O sol e a lua ficam escuros, e as estrelas deixam de brilhar. Do monte Sião, o SENHOR fala alto, a sua voz parece o trovão. De Jerusalém, ouve-se o estrondo da voz de Deus, e os céus e a terra tremem! Mas ele defende e protege o povo de Israel. Deus diz ao seu povo: “Assim vocês vão ficar sabendo que eu sou o SENHOR, o Deus de vocês. Eu moro em Sião, o meu monte santo. Jerusalém será uma cidade santa, e os estrangeiros nunca mais a conquistarão.” (Joel 3:1-2, 14-17 NTLH)

O cristão que ama a Palavra de Deus sabe o que acontecerá com Israel e seus inimigos, pois Deus já nos revelou tudo em sua Palavra. Então que todos os que são igreja verdadeira do Senhor Jesus Cristo orem para que o Reino de Deus venha sobre Israel, trazendo abertura de corações. Orem também para que o Reino de Deus venha sobre as nações, livrando muitos do ódio irracional contra a aliança de Deus com os descendentes de Abraão, Isaque e Jacó. E orem também para que o Reino de Deus venha sobre as igrejas cristãs, despertando muitos para seguirem exclusivamente a vontade do Pai nesses últimos dias. O Reino de Deus é o Governo de Deus. Que todos então declaremos profeticamente: “Venha, Governo de Deus, sobre Israel, estabelecendo sobre essa nação tudo o que o Pai já determinou para estes últimos dias! Venha, Governo de Deus, sobre as nações, dissipando seu ódio contra Israel e estabelecendo a vontade do Rei Jesus! Venha, Governo de Deus, sobre as igrejas cristãs do mundo inteiro, tornando-as praticantes da vontade do Pai com relação a Israel”.

Fonte: www.juliosevero.com

Colaboração: Marcos Cesar.

 

Posse do irmão Rafael no povoado “Rua 10”

rafael_velcarafael_velca

No próximo dia 17/01/2009, será realizada a posse, como missionário, do Diácono Rafael Aguiar e sua esposa Velca Lopes no povoado “Rua 10”, próximo à cidade de Boqueirão. Ele está sendo enviando pela SEMIT (Secretaria de Missões de Teresina) para dirigir a congregação daquele povoado. Que Deus abençõe a vida deste casal que tem colocado a vida em prol da obra do Senhor. Oremos por eles. Estará saindo um ônibus da 1ª Congregação do Buenos Aires para lá às 14:00 h., o valor da passagem, até o momento, é de R$25,00, as pessoas interessadas devem ligar para 8809-2447 para dar o seu nome, visto que as vagas são limitadas.

Colaboração: Marcos Cesar. 

 

__________________________________________________________________________________________

QUEM NÃO FOI SEM DUVIDA PERDEU MUITO, MAS TROUXEMOS UM POUQUINHO PRA VOCÊS..rsrsrrs..!!! A PAZ DO SENHOR!!

 

 

 

Eliminatória do I Festival de louvor foi um sucesso!!

 

     29 de junho de 2008, 18:32 pm

 

Teresina – Hoje ocorreu na congregação do Mocambinho a eliminatória setorial que levou um representante do Setor “B” Norte para concorrer no dia 16/08/08 no I Festival de Louvor realizado pela UMADET no auditório da CADEP.

Estiveram presentes representantes de diversas congregações do setor, onde a Irmã Sonia representou a congregação do Poti Velho, representado a congregação do bairro Santa Sofia o Irmão Diego, tivemos ainda a participação da banda Renovados composta por membros de diversas congregações, da 2° do Buenos Aires a Irmã Samia, o irmão Brito da congregação do bairro São Francisco, e por fim nossa representante Irmã Áurea da 1° do Buenos Aires. Todos concorreram a uma vaga no I Festival, porem somente o 1° colocado foi consagrado, todavia o 2° e 3° colocados também receberam premiações.

O que podemos observar foi que houve muita alegria e torcida forte, com especial destaque para a galera da 1° do Buenos Aires, que não parou um instante de gritar pela sua candidata, mostrando que ser crente é também ser alegre!!! Infelizmente essa torcida animada teve que se contentar com 3° lugar, mas com certeza a nossa Irmã deu o seu melhor e na próxima chegará ao 1°!!!

A disputa entre os candidatos foi bastante acirrada, com especial destaque a três participantes, Brito, Samia e Áurea. Depois de uma apresentação emocionante o Irmão Brito obteve o 1° lugar e a irmã Samia o 2°. Perguntado se ele (irmão Brito) esperava o resultado, ele falou a esse portal que: “nem mesmo tinha o dinheiro da inscrição e de ultima hora me inscrevi, mas ao chegar aqui senti que o Senhor tinha algo especial pra mim, por isso cantei AONDE TU FORES EU VOU CONTIGO”.O irmão Brito participou da gravação do CD do Conjunto Plenitude da Congregação do bairro São Francisco. Sem duvida todo o setor estará na torcida pelo nosso irmão, pois afinal ele nos representará junto a UMADET. Vai nessa força varão valoroso!!!!!!!!!!!!!

 

 

Fonte: Portal juventudeonline/ Jefferson Rodrigues

 

___________________________________________________________________________________

 

A INTERNETE É UMA FONTE DE BENÇÃO E MALDIÇÃO, DEPENDERÁ MUITO DO SEU POSICIONAMENTO!!!! VEJA A QUE PONTO TEM SE CHEGADO:

COMUNIDADES OFENDEM O NOME DE JESUS E CAUSAM POLEMICA NO ORKUT

 

30 de Agosto de 2006 às 01:48:34

O Orkut, site de relacionamentos mais famoso do mundo, mais uma vez está envolvido em assuntos polêmicos.

Dessa vez, é com relação à religião. O espaço virtual, apreciado pela liberdade de expressão, está causando discórdia após permitir a permanência de comunidades que ofendem a fé cristã.

Uma delas, que na semana passada reunia 550 membros, classifica Jesus como pedófilo, baseada na passagem bíblica: “Deixai que venham a mim todas as criancinhas”. Na mesma linha, existem outras comunidades que questionam a sexualidade de Jesus. Mas o Senhor, não é o único ofendido. Maria, José e mais figuras religiosas também sofrem ofensas nas páginas.

Nos fóruns, além dos depoimentos dos defensores, é possível encontrar a visão de pessoas que se sentiram agredidas pelas comunidades. Esse comportamento colaborou para o crescimento dessas páginas, que aumentou consideravelmente neste mês. Com a situação, internautas contrariados iniciaram uma campanha para a retirada dessas comunidades do ar. Por causa da briga, algumas foram excluídas pelo próprio Orkut, outras mudaram apenas de nome, sem alterar o conteúdo da página.

Representantes do catolicismo, espiritismo e de igrejas evangélicas, criticaram as comunidades. De acordo com a visão dos líderes religiosos, a atitude é uma afronta ao sagrado, logo um desrespeito. Segundo o delegado e professor de Direito Penal do Centro Universitário Unitoledo, Vilson Disposti, as ofensas podem ser caracterizadas como crime, pois os autores violaram o artigo 208 do Código Penal, no que diz respeito a menosprezar ato ou objeto de culto religioso.

O Ministério Público Federal (MPF), em São Paulo, já instaurou mais de 160 procedimentos para investigar crimes virtuais. O MPF já solicitou que o Google informe os dados criminosos. Os próprios usuários do Orkut, que se sentem ofendidos, têm a liberdade de denunciar os crimes virtuais dentro do próprio sistema, devido a uma ferramenta disponibilizada pela rede. Outra forma é recorrer a entidades civis que atuam no combate aos crimes na Internet.

Fonte: Elnet 

Contribuição:Jefferson Rodrigues

_____________________________________________________________________________________________________________

 

 

AINDA EXISTEM PESSOAS HONESTAS NO MUNDO,QUE POSSAMOS SEGUIR ESSE EXEMPLO!!!! A PAZ  DO SENHOR!!

 

 

 Um taxista devolveu R$ 1 mil esquecidos em seu carro após uma corrida, em Porto Alegre, na segunda-feira (23). Ricardo Luis de Freitas Justo, de 49 anos, encontrou a sacola com o dinheiro e objetos pessoais embaixo do banco do veículo pouco depois de deixar a passageira.

“Por volta de 9h fiz uma corrida no bairro Menino Deus para uma senhora que queria levar um cachorro de rua para castrar. Logo que a deixei em seu local de destino, vi a sacola e não pensei em mais nada além de procurá-la para devolver. Calculei o caminho que ela poderia ter feito e fui atrás”, diz Justo.

O dinheiro, que estava na sacola junto com

celular, óculos e cartão de banco, pertencia à aposentada Maria Justina Moreira Corrêa, de 70 anos.

Depois de 30 minutos, o taxista avistou a passageira na Avenida Getúlio Vargas, em Porto Alegre.

“Ele me salvou. Não lembrava a placa nem o prefixo do carro. E o pior, o dinheiro era da minha sobrinha. Eu fui encontrá-la em seguida”, disse a aposentada.

Para conseguir o valor encontrado, o motorista, que está na

profissão há nove anos, teria que trabalhar durante quase um mês inteiro. Ele ganha perto de R$ 50 por dia.

Fonte: G1

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Contribuição:Jefferson Rodrigues

____________________________________________________________________________________________________________

SE VOCÊ OROU POR ESSE TRABALHO, ESSA NOTCIA VAI TE INTERESSAR, FIQUE ATENTO E CONTINUE NESSA FORÇA!!!! A PAZ DO SENHOR!!

EVANGÉLICOS PROTESTAM CONTRA LEI DA MORDAÇA EM BRASILIA.

26 de Junho de 2008 às 13:41:28 |

Evangélicos invandem Congresso em protesto contra projeto relatado por Fátima Cleide; Senadora ataca religiosos. Um grupo de evangélicos tentou invadir o Congresso Nacional nesta quarta-feira em protesto contra a aprovação do projeto que criminaliza a homofobia (discriminação contra homossexuais) no país. Cerca de mil evangélicos fizeram uma manifestação em frente à sede do Legislativo para evitar a votação do projeto. Os manifestantes querem ter o direito de criticar a homossexualidade, sem punições estabelecidas na legislação.

O projeto está em discussão na CAS (Comissão de Assuntos Sociais) do Senado, sem previsão de entrar na pauta de votações do plenário. “Achamos que o problema da discriminação não atinge só os homossexuais, mas também os negros, as mulheres, até mesmo nós evangélicos. O projeto de lei dá poderes ditatoriais a uma minoria. Se um funcionário for dispensado de uma empresa, por exemplo, pode alegar homofobia e o dono da empresa vai ser preso por crime hediondo, inafiançável. Queremos trazer um projeto para proteger todas as minorias”, disse o deputado Rodovalho (DEM-DF), da Igreja Sara Nossa Terra.

Parte dos manifestantes pressionou seguranças do Senado para ingressarem na Casa. Houve empurra-empurra e princípio de tumulto em frente à entrada principal do Legislativo. O grupo fez orações contra a aprovação do projeto, conduzidos pelo pastor Jabes de Alencar, da Assembléia de Deus.

Senhor, sabemos que há uma maquinação para que esse país seja transformado numa Sodoma e Gomorra [cidades bíblicas que teriam sido destruídas pelos excessos cometidos por seus moradores]. Um projeto desses vai abrir as portas do inferno”, disse o pastor.

Alguns dos manifestantes conseguiram ingressar no Senado e foram recebidos na presidência pelo senador Magno Malta (PR-ES). Evangélico, Malta ocupa interinamente a presidência uma vez que o senador Garibaldi Alves (PMDB-RN) está fora de Brasília. O pastor Silas Malafaia, da Assembléia de Deus, entregou um documento para Malta contra a aprovação do projeto. “Esse projeto de livre expressão sexual abre as portas para a pedofilia. É uma afronta à Constituição e à família”, disse o pastor.

O deputado Miguel Martini (PHS-MG), que integra a frente parlamentar em defesa da família e da vida, disse que o projeto quer “calar a boca” dos cristãos contrários à homossexualidade. “Nós amamos os homossexuais, porque são nossos irmãos, mas não amamos o “homossexualismo’. É um grande combate que estamos enfrentando entre luz e trevas. Não aceitamos discriminação de ninguém, mas não aceitamos sermos discriminados em nossas convicções religiosas.”

Críticas

Relatora do projeto no Senado, a senadora Fátima Cleide (PT-RO) criticou a mobilização dos evangélicos contrários à criminalização da homofobia. “Infelizmente alguns religiosos utilizam discurso político para tentar ludibriar as pessoas crentes e tementes a Deus. Há que se observar aí mais uma postura de intolerância, pois em qualquer religião há diversidade dos seres humanos”, afirmou.

O projeto, de autoria da ex-deputada Iara Bernardi (PT-SP), considera crime o preconceito de gênero, sexo, orientação sexual e identidade de gênero. O texto foi aprovado pela Câmara no ano passado e tramita no Senado.

Fonte: IEAD/

Contribuição:Jefferson Rodrigues

____________________________________________________________________________________________

 MAIS UM QUE DECIDE  PAGAR O PREÇO PELO AMOR DO EVANGELHO!! A PAZ DO SENHOR!

SOLDADO AMERICANO É AFASTADO POR EVANGELIZAR NO IRAQUE.

26 de Junho de 2008 às 14:41:28 |

ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA  – A organização humanitária Liberdade Cristã Internacional (CFI, sigla em inglês), baseada em Michigan, informou que um marine foi afastado de seus deveres militares no Iraque na sexta-feira passada por distribuir “material cristão” a muçulmanos sunitas em Fallujah.

De acordo com a CFI, o material foi entregue a aproximadamente dez cidadãos de Fallujah ao passarem pelo posto de fiscalização militar que controla acesso à cidade. Seriam “moedas” que teriam impressas a seguinte inscrição em árabe “Onde você gastará eternidade?”, de um lado, e as palavras de João 3:16 “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu único filho para que todo aquele que nele crê não pereçam, mas tenha a vida eterna” no outro lado.

O incidente trouxe à luz a afronta entre residentes locais como também líderes sunitas que se encontraram com funcionários do governo dos EUA para exigir “o castigo mais severo possível” para todos os responsáveis pela distribuição da moeda com dizeres religiosos.

A CFI, cuja missão é prover ajuda humanitária e advocatícia para cristãos perseguidos em países como a China e Bangladesh, condenou as medidas disciplinares do Exército e afirmou que os Estados Unidos têm a obrigação de defender o direito pessoal do soldado de compartilhar a fé dele sem medo de perseguição.

Em junho, o presidente da CFI, Jim Jacobson, enviou a quarta carta ao ministro da Defesa, Robert M. Gates, argumentando que “o incidente em Fallujah não envolveu molestamento ou coerção de qualquer tipo por parte do soldado, nem desrespeito ao islã como religião ou qualquer tipo de dano a quem recebeu as moedas”.

Cresce o sentimento anticristão

“A controvérsia ainda é outra forte indicação de um sentimento anticristão crescente mundial, inclusive nos Estados Unidos, onde um treinador de Michigan foi despedido recentemente com base em alegações de que o ex-assistente dele, por ser um pastor evangélico, estava usando a posição no time de luta livre para fazer proselitismo entre estudantes muçulmanos ( leia mais sobre este caso)”, disse a circular de notícias da CFI.

O texto ainda diz: “Durante décadas, o cristianismo foi ilegal em dezenas de países ao redor do mundo onde milhões de cristãos sofrem discriminação, molestamento, abuso, tortura ou martírio por causa de seus hábitos de oração, leitura da Bíblia, louvor, adoração e testemunho da fé pessoal em Jesus Cristo.”

Fonte: Portas Abertas

Contribuição:Jefferson Rodrigues

 

_________________________________________________________________________________________________________

Direto dos EUA, mais uma “inovação” do diabo,fique de olho, pois devemos ser santos como o Senhor é!!!

Igreja promete cerveja para atrair adeptos

Pastor César Moisés esclarece que contextualizar o Evangelho não é mundanizá-lo  

 

Para atrair fiéis em lugares “não convencionais”, a Primeira Igreja Metodista de Sidney, no Estado americano de Ohio, fez a sua inauguração em um bar da cidade, com direito à cerveja e exibições no touro mecânico. 

De acordo com site de notícias Terra, os organizadores do estranho evento conseguiram atrair cerca de 100 pessoas para o encontro de domingo à noite. A iniciativa é da Igreja Country Rock, que pertence à Metodista. 

Utilizar padrões do mundo para a evangelização é uma prática comum. Muitos usam o texto escrito em 1Coríntios 9.20-22 para justificar que a igreja deve ser contextualizada e transcultural. 

Contudo, pastor César Moisés Carvalho em sua obra Marketing para Escola Dominical, publicado pela CPAD, alerta para que essa contextualização não seja confundida com mundanismo, secularismo e ceticismo. “Antes de tudo, devemos nos lembrar de que não existe qualquer apoio na Bíblia para quem acha que o cristianismo é uma religião elitista, que deve ser trancafiada em quatro paredes e relegada a um plano inferior diante do contexto mundial. Mesmo porque, quando Jesus instituiu a Grande Comissão, deu-nos a ordem de que pregássemos a todas as pessoas (Mt 28.19,20; Mc 16.15-20), sendo, portanto, altamente amparada à idéia de globalizarmos o evangelho através dos diversos recursos de que dispomos nessa era tecnologizada”, esclarece e complementa: “Isso não significa que devemos nos valer de expressões surradas e tidas indevidamente como escusas para nos tornarmos semelhantes às pessoas que vamos evangelizar, inclusive pecando para mostrarmos uma pseudo-empatia; ou seja, ninguém se tornará soro positivo do vírus HIV com a desculpa de evangelizar um aidético. Os que citam textos como o de 1 Coríntios 9.22 devem se cuidar e lerem todo o capítulo, pois como diz o ilustre pastor Antônio Gilberto: ‘Texto sem contexto é pretexto’”. 

Ainda no texto intitulado É possível Mudarmos, sem nos Envolvermos?, o escritor assevera que quem convence o homem do pecado, da justiça e do juízo é o Espírito Santo conforme está escrito em João 16.8. “O que deve mudar na verdade é a nossa metodologia em anunciarmos a Palavra, e não nossa forma de servirmos a Deus. É falarmos às pessoas o que Jesus fez por elas, antes de exigirmos delas alguma coisa. Precisamos influenciar visando uma mudança de postura gradual”, finaliza pastor César Moisés. 

Para saber mais do autor acesse http://marketingparaescoladominical.blogspot.com

http://omundoderebeca.blogspot.com

fonte:www.cpad.com.br

 

Contribuição:Jefferson Rodrigues

 

_____________________________________________________________________________________________

 

Jesus está voltando e precisamos está dispostos a pagar o preço pelo o amor de seu nome, veja esse  exemplo:

 

TREINADOR É DEMITIDO POR PERMITIR EVANGELIZAÇÃO A MULÇOMANO

25 de Junho de 2008 às 14:23:54

ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA  – Um treinador de luta de Michigan, nos Estados Unidos, perdeu o emprego porque o seu assistente foi acusado de tentar “converter estudantes muçulmanos ao cristianismo”. O caso reflete uma hostilidade crescente contra o cristianismo ao longo do país e uma clara violação à liberdade religiosa.

De acordo com um relatório da Associação Psiquiátrica Americana, Michigan abriga a segunda maior comunidade muçulmana fora do Oriente Médio. O mesmo relatório, também destaca que o islã é atualmente a religião que mais rapidamente cresce nos Estados Unidos.

Jerry Marszalek trabalhou durante 35 anos como treinador de luta livre na Escola Secundária de Fordson, em Dearborn, segundo informações do jornal “Detroit News”.

Recentemente, o diretor da escola, Imad Fadlallah, decidiu não renovar o contrato do treinador porque pais da comunidade islâmica reclamaram que Trey Hancock, o ex-assistente de Jerry Marszalek, e pastor da Assembléia de Deus, tentava converter os alunos muçulmanos ao cristianismo.

Jerry Marszalek diz que o diretor nunca sequer assistiu a um treinamento de luta livre, mas baseou o julgamento dele nas reclamações do pai de um estudante árabe.

Jan Markell, fundadora do ministério Árvore de Oliva, em Minnesota, diz que a terminação é ultrajante. “Ele… o professor…tinha um trabalho de 35 anos em Dearborn, Michigan, e não era ele o professor que estava fazendo qualquer tipo de evangelismo, era o assistente”, argumenta ela.

Além disso, ela questiona o que aconteceria se um diretor cristão demitisse um treinador muçulmano, em circunstâncias semelhantes, alegando tais motivos. E pede para que a União de Liberdades Civis Americana possa intervir imediatamente no caso.

Assistente nega as acusações

Trey Hancock nega as alegações de que tenha tentado converter estudantes, insistindo que nunca testemunhou ou orou enquanto treinava na Fordson. Embora ele tenha batizado um estudante muçulmano de Dearborn, em 2005, ele lembra que essa atividade não foi executada durante o horário escolar.

Depois do batismo, o treinador Jerry Marszalek foi advertido pelo diretor da escola a manter o assistente longe da prática de luta livre e de eventos.

Hostilidade aos cristãos cresce no país

O caso reflete uma hostilidade crescente contra o cristianismo ao longo do país, e não apenas entre os membros da população muçulmana.

A perseguição cristã assumiu uma variedade de formas nos Estados Unidos – desde a crescente intolerância ao proselitismo até à erradicação, nos últimos anos, de quase todas as referências cristãs contidas em livros históricos e de ensino das escolas públicas.

Embora a magnitude da perseguição nos EUA seja incomparável com que ocorre na China, Mianmar e Sudão, por exemplo, onde a perseguição é severa e muitos cristãos acabam martirizados, a percepção anticristã nas escolas americanas, na mídia e na sociedade em geral causa preocupação aos cristãos dessa nação que ficou notoriamente conhecida pela liberdade de expressão e culto.

Em 2005, o Centro Islâmico da América construiu m Dearborn uma mesquita de US$ 14 milhões com a cúpula em ouro.

Fonte: Portas Abertas

Contribuição:Jefferson Rodrigues

Anúncios

Responses

  1. nossa fiquei bege……..
    q bom divugar isso, pra ver se nós despertamos
    em saber q Jesus definitivamente está voltando
    q deus possa ter misericordia
    bjoo

  2. Chocantes essas notícias, hein…devemos orar mais e buscar mais a Deus…é mais que chegado o momento…

  3. Quero pedir oração em favor da irmã Joaninha, minha sogra, pois está internada na UTI do Hospital Aliança Casamater desde 21/06/2008.

  4. Certo irmão Luiz, vamos orar pela irmã Joaninha. E é um prazer contar com a sua participação neste espaço. A paz do Senhor.

    P.S: Qualquer irmão, também, que quiser pedir oração por aqui é só pedir.

    Marcos César

  5. A Paz do Senhor!!!
    Que bom, contar com o companheirismo e solidariedade dos amados irmãos.
    Quero dá noticias da irmã Joaninha. Ela continua internada, porém, com melhoras. Estamos anciosos por vê-la entre nós, com saúde e robustez, dando seus frutos, pois a Bíblia diz que os velhos darão frutos e isto para glória de DEUS. O nosso DEUS tudo pode fazer, principalmente se formos fiéis a Ele. Continuemos orando.
    Deus abençoe !!!

  6. A todos os amados irmãos da 1ª Congregação Buenos Aires, a paz do Senhor !!!
    Dia 20/07/2008 teremos evangelização setorial na nossa congregação, a partir das 14:30. Contamos com a colaboração de todos, inclusive gostaria de pedir a Ir. Ivone que se possível convoque os adolescentes, bem como os Ir. Marcos César e Jefferson, chamem os demais jovens para realizarmos a obra de DEUS. Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundante na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no SENHOR. Deus abençoe a todos !!!

  7. Olá amados, a Paz do Senhor !!!
    Desta vez quero pedir oração em favor de uma colega de trabalho, ela vai submeter-se a uma cirurgia hoje (22/07/2008). O nome dela é Maria Pastora, nossa irmã. A oração do justo pode muito em seus efeitos.
    Deus abençoe…………

  8. Olá amados, a Paz do Senhor !!!
    Domingo dia 10/08/2008 teremos culto de missões na nossa 1ª Congregação Buenos Aires, a partir das 19:00 horas e contamos com a presença de toda igreja. Oremos por esta obra, a oração do justo pode muito em seus efeitos.
    Deus abençoe

  9. Olá público evangélico, a Paz do Senor !!!
    Vem aí, a SEMANA MISSIONÁRIA DO SETOR B NORTE, da Igreja Evangélica Assembléiade Deus – Ministério Missão, de 24 a 29/11/2008. Pedimos oração neste sentido, para que mais uma vez o SENHOR DEUS seja glorificado e a sua igreja despertada para fazer a obra missionária.
    No amor de Cristo, Luiz Cavalcante !!!

  10. Que Deus cubra de bençãos os organizadores destes eventos maravilhosos que estão sendo colocados à disposição de nossa mocidade, por certo é um verdadeiro incentivo a ter mais amor pela obra de Deus.
    Que o Senhor possa sempre estar abençoando essas vidas.

    “Deus não escolhe os preparados, Deus prepara os escolhidos”


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: